Superação: MPAC recebe cadeirante com paralisia cerebral que se formou em direito

O Ministério Público do Estado do Acre (MPAC) recebeu, nesta sexta-feira (7), a visita do bacharel em direito Wasley da Cunha de Souza. Cadeirante com paralisia cerebral, ele recentemente se formou em direito e tem o sonho de se tornar promotor de Justiça.

Na sede do MPAC, ele foi recepcionado pelo coordenador do Centro de Apoio Operacional de Defesa dos Direitos Humanos e Cidadania, procurador de Justiça Sammy Barbosa, com quem teve a oportunidade de conhecer órgãos que compõem a instituição.

Wasley tem 28 anos e recebeu o grau de bacharel em direito há duas semanas pela Faculdade da Amazônia Ocidental (Faao). Seu trabalho de conclusão de curso tratou sobre a gestação e amamentação relativas a mulheres que cumprem pena no presídio.

Acompanhado do pai Nozemar Leite, Wasley conheceu o trabalho do Centro de Atendimento à Vítima (CAV), Núcleo de Apoio e Atendimento Psicossocial (Natera), Centro de Atendimento ao Cidadão (CAC), Diretoria de Comunicação, Centro de Memória, Sala de Sessões dos órgãos colegiados, Ouvidoria-Geral, Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e Núcleo de Apoio Técnico (NAT).

Com diploma em mãos, Wasley agora se prepara para passar no exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Sempre disciplinado e estudioso, o pai diz que ele não faltava às aulas, e é o orgulho da família. “Ele foi um presente que ganhamos”, conta.

Jaidesson Peres- Agência de Notícias do MPAC