Promotor de Justiça visita comunidade ribeirinha no Antimary

O promotor de Justiça do Ministério Público do Estado do Acre, Carlos Pescador, titular da promotoria do município de Bujari, conheceu, na última terça-feira, 26, a comunidade da Floresta Estadual do Antimary, primeira floresta pública estadual em operação com atividades de manejo sustentável, localizada a uma distância de 3 horas, de barco, de Bujari. A reserva tem uma área de 77 hectares e está situada no centro-leste do Estado do Acre, se estendendo até a fronteira com o Amazonas.

A agenda foi solicitada pelos moradores da região com a intenção de relatar aos agentes públicos problemas relacionados à educação de crianças e adolescentes. As três escolas da rede estadual presentes na comunidade, Mapinguaru, Laranjal e Limoeiro, oferecem educação do ensino básico ao médio.

Além do MPAC, a Secretaria de Estado de Educação (See) e o Conselho Estadual de Educação (Cee) também enviaram representantes até a reserva florestal.

 

 

Segundo o promotor de Justiça Carlos Pescador, pautas como esta são fundamentais tendo em vista a importância da atuação do MPAC além dos gabinetes. “Fomos recebidos pela população, ouvimos seus anseios e aflições e vimos o quanto os pais estão preocupados com a qualidade do ensino dos filhos. Essa aproximação é importantíssima tendo em vista uma atuação mais presente e resolutiva do Ministério Público junto à comunidade”, contou.

Ao final do encontro a See se comprometeu a fazer as melhorias solicitadas pelos moradores. A equipe deve retornar à comunidade da Floresta Estadual do Antimary para verificar o cumprimento das exigências e, caso não tenha havido melhorias, devem ser tomadas as providencias legais.

 

Tiago Teles – Agência de Notícias do MPAC