Procuradora de Justiça Kátia Rejane é convidada para ministrar palestra sobre Ética no Sebrae

A procuradora-geral de Justiça do Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), Kátia Rejane de Araújo Rodrigues, ministrou nesta terça-feira (8), a convite da diretoria do Sebrae, palestra sobre Ética para colaboradores, fornecedores e convidados do Sebrae Acre.

A atividade teve como foco a aplicação de regras de convivência no ambiente de trabalho, tendo como base conceitos como ética e moral. A procuradora de Justiça abordou também a diferença entre assédio moral e sexual, assim como suas consequências e a importância de canais para denúncias.

Kátia Rejane explicou que desmistificar a questão do assédio moral e sexual no local de trabalho é o caminho seguro para prevenir e erradicar sua presença onde já estiver instalado.

“Esse é um tema que, dia a dia, ganha mais espaço na mídia e no cotidiano das organizações, das instituições e vem sendo cada vez mais discutido. Mesmo assim, é essencialmente polêmico, em razão de sua crescente importância nas relações trabalhistas e de seus efeitos perversos”, disse.

A procuradora-geral do MPAC esclareceu ainda que o assédio moral e sexual no ambiente de trabalho deve ser debatido de forma séria e comprometida não só pela classe trabalhadora e as instituições, mas por toda a sociedade. “Enquanto houver vítimas de assédio moral ou sexual, com todos os males já expostos, a luta pela mudança dessa realidade deve continuar.”

Ela concluiu dizendo que todos devem lutar para não serem vítimas, enquanto que as instituições devem trabalhar para não serem cúmplices desses atos, pois os danos à saúde e ao futuro profissional das pessoas podem ser irreparáveis.

A Ouvidora e presidente do Conselho de Ética do Sebrae, responsável pela organização da atividade, Maysa Gonçalves, comentou sobre a importância do tema proferido pela procuradora-geral do MPAC aos palestra aos colaboradores da instituição.

“Esse tema é muito recorrente entre as instituições e muito importante também, ao fazer uma pesquisa também descobrimos que o Ministério Público havia feito uma campanha em 2017 cujo tema foi “Mexeu com Uma, Mexeu com Todas, Mexeu com o MPAC”, que teve o objetivo de combater o assédio à mulher no ambiente de trabalho. A palestra foi excelente”, concluiu a Ouvidora do Sebrae no Acre.

Acompanharam a palestra o superintendente do Sebrae no Acre, Marcos Antonio Carneiro Lameira, o diretor Técnico do Sebrae, Lauro Santos e a Ouvidora e presidente do Conselho de Ética do Sebrae, Maysa Gonçalves.

Andréia Oliveira – Agência de Notícias do MPAC