PGJ inicia agendas de 2020 discutindo ações de combate à dengue

Iniciando as agendas de 2020, a procuradora-geral de Justiça do Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), Kátia Rejane de Araújo Rodrigues, recebeu nesta segunda-feira, 13, a deputada federal Perpétua Almeida e sua equipe, que veio pedir a intervenção do MPAC em ações de combate à dengue.

Segundo a parlamentar, os surtos vêm acontecendo com mais incidência nos municípios da Região do Juruá e uma das principais ações de combate de responsabilidade da união, encontra-se suspensa.

Trouxemos ao MPAC essa situação para que ele chame o Estado do Acre e suas representações nas áreas da Saúde e municípios para debelar sobre esses surtos e epidemias de dengue, que está ocorrendo no Acre, com mais força nos municípios do Juruá”.

“Nós também iremos ao MPF, pois tivemos a informação de que o governo federal deixou de repassar o inseticida que faz o “fumacê” nos municípios, para o controle da dengue”, destacou Perpétua Almeida.

Ainda segundo a parlamentar, há registros de casos graves, como de dengue hemorrágica, inclusive, com óbitos na região. A procuradora-geral de Justiça disse que irá encaminhar a demanda de interesse público, para que o MPAC venha apurar a situação e avançar junto as Promotorias de Justiça do interior do estado, nas ações que se fizerem necessárias.

“Vamos encaminhar a demanda ao nosso Centro de Apoio Operacional de Defesa da Saúde, para que se faça a articulação necessária, sobretudo, nos municípios mais afetados e chamar os promotores de Justiça para desenvolver uma ação”, afirmou a PGJ.

Ana Paula Pojo – Agência de Notícias do MPAC