MPAC obtém condenação de homem que matou esposa na frente dos filhos

O Ministério Público do Estado do Acre (MPAC) obteve a condenação, nesta terça-feira (04), perante o Tribunal do Júri da Comarca de Rio Branco, de Eduilson dos Santos, acusado de assassinar a companheira, Maria Claudia Rodrigues de Oliveira, de 30 anos, na frente dos três filhos pequenos, com idade entre 9 meses e 12 anos à época do crime.

O crime ocorreu em abril de 2010, na Vila Caquetá, zona rural de Porto Acre. Entretanto, o processo estava suspenso, já que o réu se encontrava foragido logo após o cometimento do crime, até ser preso em Mato Grosso, em outubro de 2017. Na sentença, o juiz de Direito Leandro Gross destacou que a vítima já havia sofrido agressões anteriores, inclusive com medida protetiva de afastamento do lar. A sentença foi fixada em 28 anos e 6 meses de reclusão, em regime inicial fechado.

Entenda o caso

De acordo com o promotor de Justiça Teotônio Rodrigues Soares Júnior, que assinou a denúncia, a vítima teve uma discussão com o acusado, que havia consumido bebida alcoólica, e se trancou em um quarto junto ao filho de 9 meses. Porém, o acusado conseguiu entrar no quarto, e assassinou a mulher com golpes de terçado nos braços, cabeça e costas, além de decepar seus dedos. Ela foi encontrada abraçada ao filho e seus outros dois filhos testemunharam o crime.