MPAC e Universidade da Amazônia discutem parceria nas áreas social e acadêmica

 A procuradora-geral de Justiça do Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), Kátia Rejane de Araújo Rodrigues, recebeu nesta quarta-feira, 10, a visita institucional da reitora da Universidade da Amazônia, Betânia Fidalgo. Acompanhada por sua equipe, a reitora porpôs ao MPAC, parcerias nas áreas social e acadêmica.

Na ocasião, Betânia falou sobre a instituição e sua atuação em Rio Branco, além dos projetos de responsabilidade social executados pela Unama na região amazônica.

“Nós realizamos um trabalho muito grande de responsabilidade social e gostaríamos muito de ser parceiros do Ministério Público em seus projetos, para levar a Unama, uma universidade de 47 anos de atuação, agora estabelecida em Rio Branco, para fortalecer, tanto a parte acadêmica, quanto a social. Certeza que desenvolveremos um trabalho de muito êxito e qualidade para a sociedade acreana”, destacou a reitora.

Na ocasião, Kátia Rejane falou sobre o trabalho que o MPAC realiza, sua atuação extrajudicial com foco na resolutividade dos conflitos, as ações de justiça e cidadania executadas por meio do projeto “MP na Comunidade” e o trabalho dos órgãos auxiliares como o Centro de Atendimento a Vitima (CAV), e o Núcleo de Apoio e Atendimento Psicosocial (Natera), na defesa dos direitos fundamentais da sociedade.

“É uma grande alegria recebê-los e com certeza poderemos abraçar muitos projetos. No ano passado, nas ações da programação de 55 anos do MPAC, a Unama foi nossa parceria. Somos muito gratos, pois a união institucional tem é importante em nossa gestão, pois é essencial contar com as instituições na defesa dos direitos fundamentais da sociedade”, disse a procuradora-geral.

Kátia Rejane também colocou o Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional (Ceaf) do MPAC à disposição para discutir as parcerias, que visam, inclusive, fortalecer o combate à violência doméstica e de gênero no estado do Acre, haja vista que a Unama também desenvolve em toda a Amazônia, um projeto com esse víeis.

Ana Paula Pojo – Agência de Notícias do MPAC