MPAC consegue condenação de réu por homicídio qualificado em Rodrigues Alves

O Ministério Público do Estado do Acre (MPAC) obteve a condenação de Deanio Fernandes da Costa por homicídio qualificado, cometido contra Sarquejanes da Silva.

O crime ocorreu no dia 29 de julho de 2017, na zona rural de Rodrigues Alves.

Segundo apurado, o crime teria sido motivado por vingança pelo fato da vítima ter sido testemunha de um furto. O réu e três comparsas não identificados alvejaram a vítima com um disparo de arma de fogo no peito, quando esta teria aparecido na janela de sua residência, impossibilitando qualquer reação.

No júri realizado no dia 28 de novembro, o acusado foi condenado por homicídio qualificado por motivo fútil e recurso que dificultou ou impossibilitou a defesa da vítima, além de ter sido condenado pelo delito de organização criminosa.

Somando as penas, a condenação chegou a 29 anos de reclusão e 70 dias-multa, fixado o regime inicial fechado para o cumprimento de pena.

Jaidesson Peres- Agência de Notícias do MPAC