Conselho Superior aprova vitaliciamento do promotor de Justiça Lucivan Nery

O Conselho Superior do Ministério Público do Estado do Acre (CSMPAC) aprovou durante a 7ª Sessão Ordinária, realizada nesta sexta-feira (09), o vitaliciamento do promotor de Justiça Substituto Lucivan Nery de Lima que atua na 3ª Promotoria de Justiça Criminal de Cruzeiro do Sul. A sessão foi presidida pela procuradora-geral de Justiça do Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), Kátia Rejane de Araújo Rodrigues.

O desempenho de cada Promotor de Justiça é acompanhado e avaliado pela Corregedoria-Geral do Ministério Público, que encaminha relatórios mensais ao Conselho Superior do Órgão. Noventa dias antes do término do período de estágio probatório, a Corregedoria propõe ou não, o vitaliciamento do membro. Em seu discurso, a procuradora-geral de Justiça destacou o desempenho do promotor de justiça vitaliciado, ressaltando seu comprometimento, o qual ela acompanha desde que era corregedora-geral do MPAC.

“O senhor sempre tratou a administração superior do MPAC com respeito, suas referencias para com os demais colegas são as melhores possíveis. Então, para nós, que lhe acompanhamos desde o estagio probatório, esse momento é de alegria. Eu estou muito feliz em hoje proclamar meu voto de adesão pelo seu vitaliciamento. Hoje o senhor é um membro do MPAC vitaliciado, pois concluiu o seu dever com muito louvor”, destacou a presidente do CSMPAC.

Ao lado do pai, Luiz Alberto de Lima, e do filho Luciano Mendes de Lima, o promotor de Justiça, que ingressou no MPAC em 2017, destacou a importância deste momento. Nery é acreano de Tarauacá e conta que vem de uma família humilde e de um ambiente sem muitas oportunidades.

“Para mim é uma honra chegar a esse momento, pois eu ter conseguido estudar, me formar em direito e ingressar no MPAC foi uma grande conquista. Agora se inicia uma nova jornada e eu quero me manter sempre com essa dedicação e amor ao MPAC. É um prazer estar aqui, e eu vou sempre feliz porque não é um trabalho, é um presente estar todo dia na Promotoria de Justiça trabalhando em prol da sociedade. O MPAC é a minha realização profissional”, disse.

Lucivan Nery é o primeiro Promotor de Justiça a ser vitaliciado da turma de membros convocada em 2017, isto porque, de lá pra cá, Nery abriu mão de férias e outras licenças, fato que favoreceu a celeridade do seu vitaliamento. A sessão do CSMPAC seguiu com outras pautas, entre elas a votação da segunda fase do estagio probatório da promotora de justiça substituta, Manoela Fahat.