Promotor recebe homenagem por trabalho de prevenção ao suicídio em Rio Branco

O promotor de Justiça de Defesa da Saúde, Glaucio Ney Shiroma Oshiro, recebeu uma homenagem durante a abertura do 2º Jornada de Prevenção e Valorizado da Vida, promovido pelo Núcleo de Prevenção ao Suicídio do Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb). O evento iniciou nesta segunda-feira (10), no auditório da Faculdade da Amazônia Ocidental (Faao), e estende-se até quarta-feira (12).

A homenagem foi concedida às pessoas que tem contribuído não apenas com as estratégias de prevenção, mas com o fortalecimento da área da Saúde Mental como um todo.

Em sua fala, o promotor destacou que a oferta de um serviço de atendimento em saúde mental de qualidade é uma diretriz da ONU, e o Brasil como signatário tem até 2030 para estabelecer essas diretrizes.

Oshiro destacou também que é necessário que o tema seja tratado com muito respeito durante o ano todo. “É um debate que não podemos resumir apenas ao mês de setembro, e nisso o Ministério Público está sempre atuando em conjunto, mediante o fortalecimento da rede de atenção psicossocial, para que a saúde mental tenha um cuidado ainda mais atento em toda população, a fim de que a gente possa construir diversas estratégias das mais variadas linhas”.

A coordenadora do Núcleo de Prevenção ao Suicídio do Huerb, Andréa Villas Boas, reforçou que o Setembro Amarelo surgiu com a necessidade de se quebrar mitos e preconceitos sobre o suicídio. “O suicídio sempre existiu. Infelizmente, vem aumentando em uma proporção muito grande. Era algo silenciado e nem políticas públicas para a prevenção de suicídio tinha”, destacou.