Com o procurador de Justiça Sammy Barbosa, o PGJ realizou mais um diálogo sobre as principais agendas do final de 2017, como a previsão de inaugurações das unidades ministeriais do interior e o programa PGJ Itinerante.

Para abrir as agendas desta quinta-feira, 23, o PGJ se reuniu com os procuradores de Justiça, Sammy Barbosa e Patrícia Rego, para tratar de assuntos correlatos às demandas internas de gestão.

Na manhã desta quarta-feira, o PGJ esteve reunido com a corregedora-geral do MPAC, Kátia Rejane, diretores e chefes de departamento da instituição para tratar sobre agenda de gabinete e alinhamento de gestão.

Para alinhar as agendas de trabalho desta semana, o PGJ se reuniu com os diretores e chefes de departamento do MPAC. A corregedora-geral Kátia Rejane de Araújo Rodrigues, e o promotor de Justiça Vinícius Menandro acompanharam a reunião.

Com sua equipe de gabinete, o PGJ definiu a sequência de agendas estratégicas constantes para esta semana.

Na última agenda desta quinta-feira, 16, o PGJJ concluiu o trabalho de gabinete com mais uma reunião sobre questões financeiras e orçamentárias.

Em continuidade aos trabalhos desta quinta-feira, 16, O PGJ deu sequência às agendas de gestão com as equipes de direção do MPAC

Reunião ampliada conduzida pelo PGJ, com diretores e chefes de departamento do MPAC para dar procedência às demandas administrativas e de gestão em geral.

Procurador-geral Oswaldo D’Albuquerque reuniu-se com a corregedora-geral Kátia Rejane de Araújo e o secretário-geral Celso Jerônimo para definir as próximas ações da gestão, além de discutir questões administrativas e financeiras do MPAC.

Entre as agendas da manhã desta quinta-feira, 16, o PGJ se reuniu com a corregedora-geral do MPAC, Kátia Rejane de Araújo Rodrigues, o secretário-geral Celso Jerônimo de Souza  e o promotor de Justiça, Vinícius Menandro.

O PGJ também recebeu a visita de cortesia da coordenadora do Educação de Jovens e Adultos (EJA) de Rio Branco, Jussara Bonfim.

O PGJ promoveu mais uma agenda para falar sobre os destaques do MPAC nas pesquisas promovidas pelo Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) e sobre os programas de sucesso do órgão, como o PGJ Itinerante. Participaram da reunião, a corregedora-geral do MPAC, Kátia Rejane de Araújo Rodrigues e os diretores de Administração e Tecnologia, Sandro Caldeira e Roberto Romanholo.

O PGJ também fez um diálogo sobre gestão com os diretores de Administração e Tecnologia do MPAC, Sandro Caldeira e Roberto Romanholo.

Abrindo as agendas desta terça-feira, 14, o PGJ se reuniu com a corregedora-geral do MPAC, Kátia Rejane de Araújo Rodrigues. A corregedora da instituição é candidata única para o cargo de procurador-geral de Justiça do MPAC. A eleição está marcada para o dia 30 de novembro.

O PGJ e a corregedora-geral do MPAC, Kátia Rejane de Araújo Rodrigues, também receberam o chefe do Gaeco, promotor de Justiça Bernardo Albano, e o procurador de Justiça Danilo Lovisaro.

Para fechar as agendas desta noite, um diálogo entre o PGJ e a corregedora-geral do MPAC, Kátia Rejane de Araújo Rodrigues, única candidata inscrita para o cargo de procurador-geral de Justiça do MPAC, para o biênio 2018-2019.

 

O PGJ recebeu na manhã desta quinta-feira, 9, o procurador de Justiça Willians João Silva para uma conversa sobre a gestão. A corregedora-geral do MPAC, Kátia Rejane de Araújo Rodrigues acompanhou o encontro.

Para encerrar as agendas da manhã sobre as questões orçamentárias e de finanças do MPAC, o PGJ fechou as tratativas com a corregedora-geral do MPAC, Kátia Rejane de Araújo Rodrigues, o presidente da Associação do Ministério Público do Estado do Acre (Ampac), promotor de Justiça Francisco Maia Guedes e o procurador-geral adjunto para Assuntos Administrativos e Institucionais, Carlos Maia.

A reunião sobre orçamento e finanças conduzida pleo PGJ, também teve a presença do chefe do Gabinete Militar de Segurança Institucional do  MPAC, coronel Romário Célio.

Com a presença do representante da Associação do Ministério Público do Estado do Acre (Ampac), promotor de Justiça Francisco Maia Guedes, o PGJ procedeu com a agenda matutino sobre as questões financeiras e orçamentárias do MPAC.

Mais antigos