MPAC e Sebrae dialogam sobre agendas institucionais e nova sede de Serviço inaugurada em Rio Branco

A procuradora-geral de Justiça do Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), Kátia Rejane de Araújo Rodrigues, acompanhada pelo procurador-geral adjunto para Assuntos Administrativos e Institucionais, Oswaldo D’Albuquerque Lima Neto, e o corregedor-geral do MPAC, Celso Jerônimo de Souza, visitaram nesta quinta-feira, 04, as novas instalações do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), em Rio Branco.

Na ocasião, os membros do MP acreano foram recebidos pelo superintendente da entidade, Mâncio Lima Cordeiro. Com um investimento de cerca de R$ 22 milhões, o prédio conta com 3 pavimentos, sendo totalmente planejado para a melhoria no atendimento ao cliente com uma estrutura sustentável, na qual a fachada serve como quebra sol, aproveitamento de água da chuva e transformação de energia solar em elétrica.

Após um breve diálogo sobre as agendas institucionais de ambos os órgãos, Mâncio Lima mostrou pessoalmente aos membros do MPAC, cada ambiente projetado nas novas instalações. A obra tem acessibilidade por todos os lados, desde a rampa de entrada do prédio até os lados que levam ao térreo, contando com elevador para acesso a todos os pavimentos. As salas contêm paredes de vidro para iluminação natural.

Na parte de baixo da rampa foi colocado o auditório e no primeiro piso toda a estrutura de atendimento aos micro e pequenos empresários, MEI’s e Empresas de Pequeno Porte.

“É uma grande satisfação recebê-los em nosso espaço”, saudou o superintendente que, em seguida, destacou os desafios para que o projeto e a obra da unidade se consolidassem. Ao mostrar o ambiente de grande conforto, Lima explicou que o espaço é ideal para receber palestras, oficinas, orientações técnicas e, principalmente, será oferecido ao pequeno empreendedor acompanhamento para que ele possa realizar seus sonhos de se tornar um empresário de sucesso.

Kátia Rejane parabenizou o superintendente e toda a equipe do Sebrae por mais essa conquista. “Quem ganha é a comunidade e os pequenos empreendedores, que são os maiores beneficiados desse novo ambiente”, congratulou a procuradora-geral de Justiça.

Ana Paula Pojo – Agência de Notícias do MPAC

Fotos – Tiago Teles