Kátia Rejane é recebida pelo comandante geral da Polícia Militar

Procuradora-geral anunciou homenagem do MPAC ao Proerd

A procuradora-geral de Justiça do Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), Kátia Rejane de Araújo Rodrigues, juntamente com a procuradora de Justiça Patrícia de Amorim Rêgo, foi recebida na manhã desta terça-feira, 10, pelo comandante-geral da Polícia Militar, Marcos da Silva Kimpara, e o coordenador do Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd), tenente Leandro Filho.

A agenda foi uma sugestão da procuradora de Justiça Patrícia Rêgo, que coordena o Núcleo de Apoio e Atendimento Psicossocial (Natera) e também o Centro de Atendimento à Vítima (CAV).

“Hoje, o MP realiza atividades educacionais como palestras, articulações e muitas atividades que têm tudo a ver com o projeto da Polícia Militar. Creio que podemos colaborar”, disse.

Na oportunidade, Kátia Rejane anunciou que o Proerd deve ser homenageado por ocasião das comemorações dos 55 anos do MPAC, em retribuição aos 19 anos de trabalho do programa no Acre, tempo em que já alcançou 154 mil crianças e adolescentes em todo estado, mais de 4 mil apenas no primeiro semestre de 2018.

“Considero o programa uma ação muito importante, digno de respeito e reconhecimento, uma vez que tenho conhecimento através dos meus filhos, que já participaram”, contou a procuradora-geral de Justiça.

O comandante da PM, Marcos Kimpara, agradeceu o interesse do MPAC e declarou-se um apaixonado pelo programa educacional. “Agradeço a visita e o interesse do MP em apoiar essa iniciativa. Estamos de portas abertas, dispostos a ampliar esse projeto”, finalizou o comandante.

Ao final do encontro ficou definida uma reunião para discutir de que forma o MPAC pode auxiliar a PMAC na execução do Proerd, seja na articulação junto aos parceiros, seja na implementação de estratégias pra ampliar o alcance do programa no estado do Acre.

Tiago Teles – Agência de Notícias do MPAC