CES realiza cinco mil atendimentos em 2018 e fortalece ações preventivas

 

Garantir qualidade de vida no trabalho tem sido uma das prioridades do Ministério Público do Estado do Acre (MPAC). Para atingir este objetivo, a instituição mantém o Centro de Especialidades em Saúde (CES), onde membros e servidores têm à disposição serviços em diversas áreas com foco nas ações preventivas.

Para Raimunda Lima da Silva, 46 anos, prestadora de serviços ao MPAC por meio de uma empresa terceirizada, uma consulta no CES foi determinante para uma descoberta, cujo diagnóstico precoce é determinante para a cura. Não era a notícia que esperava, mas foi a partir do atendimento médico que ela pôde iniciar o tratamento contra o câncer de mama, um dos tipos que mais mata mulheres no mundo.

“Eu sentia muitas dores e ‘formigações’ no seio e dores de cabeça. Ele estava inchado e vermelho e com um aspecto de casca de laranja. Sentia muitas dificuldades no trabalho, pois não conseguia mexer o braço por conta das dores. Em casa, não conseguia deitar, nem me levantar sozinha. Me consultei e recebi encaminhamento [para uma unidade de saúde] para fazer uma mamografia”, conta.

Hoje, dona Raimunda recupera-se de sessões de quimioterapia a que foi submetida de meados de dezembro de 2017 a maio de 2018. “Ele (médico clínico-geral George Bady) me perguntou o que poderia fazer para me ajudar e me disse que, o que estivesse ao seu alcance, ele iria fazer por mim, começando daquele momento, e foi o que ele fez”, conta.

Ao analisar o exame que apontava um nódulo grande na mama esquerda, Bady interviu no agendamento de consultas com mastologista naquela mesma semana. Nesse ínterim, servidores do MPAC, em um ato de solidariedade encabeçado por servidoras do Núcleo de Apoio Técnico (NAT) onde dona Raimunda prestava serviço, recolheram uma cota que a ajudou nos custos com ultrassonografias, mamografias e biópsias.

 

CES: Quase cinco mil atendimentos em seis meses

 

Em funcionamento desde 2015, mas oficialmente inaugurado em julho de 2016, o Centro de Especialidades em Saúde (CES), do MP acreano, desponta como um espaço de referência, no âmbito do MP brasileiro, zelando pelo bem-estar de membros, servidores e seus respectivos dependentes.

Dados do relatório quantitativo de atendimentos de rotina, feito pela Coordenadoria do CES, registraram a marca de quase cinco mil atendimentos e procedimentos realizados somente no primeiro semestre desse ano. “Cada atendimento realizado é uma doença que podemos evitar ou que pode ser diagnosticada precocemente, aumentando a possibilidade de cura. Pessoas felizes e saudáveis rendem mais no trabalho e, no caso do MPAC, a ideia é cuidar de quem, diariamente, atende pessoas, seja nas promotorias ou nos demais órgãos ministeriais, dos serviços-gerais à administração”, comentou a procuradora-geral de Justiça Kátia Rejane de Araújo Rodrigues.

Foram 1.301 atendimentos médicos, 935 odontológicos, 16 de enfermagem, 853 de fisioterapia e 337 de psicologia, além de 1.425 atendimentos oferecidos por meio das modalidades do CES Fitness, funcional, hidroginástica, além de ginástica laboral e avaliação física.

“A gente sempre está fazendo trabalhos de prevenção de cuidados com a saúde para identificarmos casos de hipertensão, obesidade, para fazer encaminhamentos. No CES, fazemos a pré-consulta, o paciente passa pelo médico, que encaminha [se necessário] para os demais profissionais, psicólogo, fisioterapeuta ou para fazer o CES Fitness”, explica a coordenadora administrativa do CES, Luciana Dantas.

 

 

 

Promoção à saúde em qualidade e números

Além da rotina de atendimentos diários, o CES mantém um calendário com diversas atividades de promoção à saúde, muitas vezes até desenvolvidas a partir de parcerias com outras instituições.

Nos dias 06 e 07 de março, por exemplo, houve uma mobilização com as atividades alusivas ao Dia internacional da mulher. Ali, 34 mulheres receberam tratamento diferenciado com máscaras detox, bota pneumática, drenagem linfática, peeling químico e massagem mecânica.

Em uma ação de sensibilização realizada no dia 13 de abril, 73 pessoas cadastraram-se no banco de medula óssea que abastece o Centro de Hematologia e Hemoterapia do Acre (Hemoacre).

No relatório, também estão elencadas as atividades promovidas por meio do projeto ‘Ces Itinerante’, que proporciona atendimento a membros e servidores que encontram-se assoberbados em tarefas e não possuem tempo disponível para deslocarem-se até o CES, além de realizar levantamento de dados referentes à situação de saúde dessas pessoas.

Somente no mês de abril, 90 pessoas receberam atendimento do CES Itinerante, durante campanha de vacinação realizada no edifício-sede; 44 no Núcleo de Atendimento Técnico Especializado (NAT); 33 no edifício das Promotorias Especializadas; e mais 33 no das Promotorias Criminais.

Em junho, o ‘CES em ação’ reuniu 181 participantes no Dia Nacional de Imunização, que receberam vacinas contra influenza, hepatite B e tétano, testes rápidos de HIV, sífilis e hepatites B e C, além de aferição de glicemia e pressão arterial.

A intenção das ações externas leva em consideração a oportunidade de observar e diagnosticar várias doenças crônicas, a exemplo do diabetes, da hipertensão e de doenças osteoarticulares, geradas pela má postura e falta de mobilização correta no trabalho.

 

Horários e serviços disponíveis

O atendimento no CES começa com o agendamento da consulta por telefone (3223-4801; 6806) ou via e-mail (ces@mpac.mp.br), passando pelo acolhimento, pré-consulta, consulta, tratamento e acompanhamento. Todos os serviços estão estruturados em três eixos: diagnóstico e avaliação de saúde; promoção e prevenção dos agravos à saúde relacionados ao trabalho; e atendimento à saúde.

Os serviços vão desde atendimentos médicos a atendimentos e procedimentos odontológicos, de fisioterapia, psicologia, educação física e de enfermagem.

Medicina (segunda à sexta, das 8h às 18h)

Consiste na consulta médica propriamente dita, compreendendo a anamnese, onde o médico não se resume apenas a analisar os aspectos fisiológicos do paciente, mas realiza uma espécie de ‘entrevista’, que ajudará o médico a fazer o diagnóstico, como parte essencial dos exames clínicos. Assim, procede-se com exames físicos e conclusão diagnóstica, prognóstico e prescrição terapêutica, além da solicitação de exames complementares e retorno. O atendimento é feito por ordem de chegada.

Clínicos gerais: George Bady Casseb , Vanessa Lima Messias e Igor Leal.

Odontologia (segunda à sexta, das 8h às 12h)

Consiste na avaliação e execução de serviços como raspagem supragengival, profilaxia, aplicação de flúor, restauração, tratamento para sensibilidade e atendimento de emergência (dor). O atendimento é feito por agendamento prévio.

Cirurgião dentista: Matheus de Moraes

Enfermagem (segunda à sexta, das 8h às 18h)

Além da avaliação, promove a pré-consulta, aferição de pressão arterial, de índice glicêmico, além de serviços como curativos, nebulização, administração de medicamentos por via intramuscular, entre outros. O atendimento é por ordem de chegada.

Enfermeira: Luciana Dantas

Fisioterapia (segunda à sexta, das 8h às 12h e das 14h às 18h)

Procedimentos como fisioterapia ortopédica, respiratória, cardíaca, neurológica, pediátrica, desportiva, preventiva e traumatologia são alguns dos procedimentos realizados, além de RPG. O atendimento mediante agendamento prévio.

Fisioterapeuta: Rozinete Locatelli

Psicologia (segunda à sexta, das 8h às 14h)

Compreende desde a psicoterapia individual adulta, com sessões semanais com duração de 50 minutos, de acordo com plano terapêutico, até psicoterapia individual adolescente, a partir de 12 anos, com sessões semanais com duração de 50 minutos de acordo com plano terapêutico. O atendimento é realizado mediante agendamento prévio.

Psicólogas: Manoela Leandro e Luciana Monteiro

Educação física (segunda à sexta, das 12h às 15h)

Procede às atividades laborais, semanalmente, a partir das 10h, e à avaliação física necessária para participação no CES Fitness. Atendimento mediante agendamento prévio.

Educador físico: Mauri Lacerda

André Ricardo – Agência de Notícias do MPAC